Efeitos da privação do sono e emagrecimento

Quais são os efeitos da privação do sono em relação a perda de peso? Se você quer saber sobre isso, então leia esse artigo.

Nesse tema que julgamos ser tão relevantes, iremos estar fazendo uma série de posts, esperamos que gostem. Então sem delongas vamos lá…

Nos dias de hoje está ficando cada vez mais raro ter um sono de alta qualidade, graças às taxas de obesidade, horas de trabalho cada vez mais longos, tempo em frente a TV, jogando vídeo game, e outras distrações que nos mantém acordados à noite.

Para pesquisar os hábitos médios de sono, o CDC seguido 74,751 adultos em 12 estados. De acordo com os resultados publicados em 2006, 35,3% das pessoas relataram terem menos de 7 horas de sono por noite, 38% relataram involuntariamente cair no sono durante o dia pelo menos uma vez no mês anterior, e 4,7% relataram cochilar ou adormecer durante a condução pelo menos uma vez no mês anterior.

Insuficiência de sono tem sido associada a acidentes de automóvel, catástrofes industriais e erros de profissionais médicos e outros.

Ele também pode aumentar o risco de doenças crônicas como hipertensão, diabetes, depressão, obesidade e câncer, aumentar a mortalidade, e reduzir a “qualidade de vida” e produtividade.

Então, vamos olhar para o efeito que o sono tem sobre a nossa capacidade de atingir nossos objetivos em relação ao emagrecimento, e o que podemos fazer para melhorar a qualidade do nosso sono.

Sono e emagrecimento

Uma grande quantidade de perda de gordura ocorre quando você dorme por duas razões:

Seu corpo queima algumas calorias enquanto você dorme (A pessoa queima cerca de 70 calorias por hora), muito do que deve ser provenientes de depósitos de gordura porque você não comer qualquer alimento em várias horas. Além disso, grande parte da hormônio do crescimento do seu corpo é produzido enquanto você está dormindo, e ainda estimula a perda de gordura.

Com isso em mente, não é surpreendente que a quantidade que você dorme afeta os seus esforços para o emagrecimento e saúde em geral.

Em um estudo realizado pela Universidade de Chicago, 10 adultos com sobrepeso seguiram uma dieta para perda de peso (restrição calórica) por 2 semanas. Um grupo dormiram 8,5 horas por noite, e o outro 5,5.

O grupo que dormiu 5,5 horas perdeu 55% menos gordura e 60% mais massa muscular do que o grupo de 8,5 horas, e em cima disso, eles experimentaram aumento da fome ao longo do dia.

Essa correlação foi observado em outros estudos também. A pesquisa conduzida pelo Centro Nacional para a Saúde Global e Medicina tem associado menor duração do sono com aumento dos níveis de gordura corporal.

Há também evidências de que a perda de sono aguda provoca resistência à insulina a um nível semelhante ao de alguém com diabetes tipo 2, o que pode aumentar a taxa em que seu corpo armazena carboidratos como gordura.

Por tanto, se você quer começar a ter resultados comece a investir em você, ou melhor, no seu sono ao invés de se preocupar com quais tipos de suplementos se deve utilizar quando se entra em uma academia.

No próximo falaremos sobre o efeito da privação do sono e seu papel em relação aos hormônios, esperamos que gostem.

Você gostou do artigo sobre sono e emagrecimento? Tem alguma coisa que gostaria de acrescentar? Deixe nos comentários abaixo!

Avalie este artigo!
Novo Cadastro